CURIDAN

Imprimador de base aquosa para superfícies horizontais e verticais.
Variações de produtos:
Estanquidade à água
Partilhar
O CURIDAN é uma emulsão betuminosa de natureza aniónica e baixa viscosidade, para aplicação a frio.
Este produto é obtido pela dispersão de particulas de betume com um agente emulsionante de caracter aniónico de muito alta fluidez.

Aplicação

  • Primário e preparação de superfícies com membrana betuminosa soldada, em superfícies porosas como não porosas.
  • Primário e preparação de superfícies porosas que posteriormente serão impermeabilizadas ou tratadas com produtos asfálticos.
  • Proteção superficial contra a humidade nas estruturas de betão enterradas nas obras de construção civil e elementos em betão.

Vantagens e benefícios

  • Base aquosa, sem solvente.
  • Boa aderência nas superfícies humidas e secas.
  • Composto de betume modificado.
  • Fluido.
  • Aplicação fácil.
  • Elevada durabilidade.
  • Pode ser aplicado com escova, pincel, rolo ou pistola.
  • Pode ser aplicado em locais fechados.

Suporte

  • Suportes de betão.
  • Suportes de madeira.
  • Suportes de argamassa.

Modo de Aplicação

Preparação do suporte:
Estado do suporte: Deve estar limpo de pó, restos de pintura, gesso e corpos estranhos.
Preparação do suporte: As particulas soltas, ou mal aderidas deverão ser eliminadas, pelo que se recomenda efetuar uma limpeza da superficie a imprimar. Se for necessário, deverá regularizar-se a superficie com uma argamassa cimenticia que se nivelará corretamente.
Tipo de suporte: CURIDAN não deve ser aplicado em superfícies polidas uma vez que isso poderá originar falhas na aderência.
Humidade do suporte: CURIDAN poderá aplicar-se sobre superfícies secas ou humidas, mas sem escorrimento de água.
Tempo de secagem: Depende da temperatura ambiente, da intensidade solar e da humidade relativa. Verifique se o primário estará seco ao tacto.
Ferramentas de aplicação: Poderá aplicar-se com pistola, pincel, escova ou rolo.
Temperatura minima de aplicação: CURIDAN não deverá ser instalados quando a temperatura seja inferior a + 5˚C.
  • Imprimação e preparação de superficies porosas onde se vá soldar uma membrana betuminosa. Poderá utilizar-se o produto sem diluir ou diluido com água (10 -20%) até atingir a concentração desejada. Uma vez bem seco o suporte, deverá aplicar-se uma camada de CURIDAN, procurando impregnar bem todos os poros. O rendimento aproximado do produto deverá ser 0,2
  • 0,5 kg/m². No caso de pontes e coberturas de parques de estacionamento, o rendimento deverá ser de 0,2 kg/m². Nos sistemas aderidos, a membrana betuminosa soldar-se-á em toda a superfície, pelo que também toda a superfície deverá ser imprimada. Nos sistemas não aderidos ou flutuantes, apenas se soldará a membrana betuminosa nos pontos singulares (paramentos verticais, sumidouros, juntas de dilatação, etc…) e, portanto devem imprimar-se estes elementos.
  • Imprimação e preparação de superficies porosas onde posteriormente serão impermeabilizadas ou tratadas por produtos asfálticos. Poderá utilizar-se o produto sem diluir ou diluido com água (10 -20%) até atingir a concentração desejada. Uma vez bem seco o suporte, deverá aplicar-se uma camada de CURIDAN, procurando impregnar bem todos os poros. Poderá ser necessária a aplicação de uma segunda camada dependendo do estado e poder absorvente do suporte. O rendimento aproximado será de 0.3-0.5 kg/m².
  • Proteção superficial frente à humidade de estruturas enterradas de betão em obra civil, sem grandes exigências (muros, fundações, etc…). Deverão aplicar-se sempre duas mãos de CURIDAN com um rendimento aproximado total final entre as duas camadas de 0,5
  • 0,75 kg/m² em função do suporte. Antes de aplicar uma nova camada, deverá comprovar-se que a primeira está totalmente seca.

Indicações e Recomendações Importantes

  • Antes de utilizar o produto, mexer bem até obter um produto bem homogéneo.
  • No caso de obras de reabilitação, ter em consideração as incompatibilidades químicas com antigas impermeabilizações constituídas por membranas de PVC flexível, mastique à base de betume modificado ou outro qualquer, podendo ser necessário eliminá-lo completamente ou utilizar camadas separadoras adequadas (geotêxteis, camada de argamassa, filme de polietileno, etc.).
  • Este produto pode fazer parte de um sistema de impermeabilização, pelo que devem ser tidos em consideração todos os documentos referidos no Manual de Soluções Danosa, bem como todos os regulamentos e legislações obrigatórias a este respeito.
  • Não efetuar os trabalhos quando as condições meteorológicas podem ser prejudiciais, nomeadamente com neve ou gelo na cobertura, quando está a chover ou se a cobertura estiver molhada, ou com vento forte.
  • Não instalar a temperaturas abaixo dos +5 ºC.
  • Não aplicar com tempo chuvoso, pois a emulsão pode sair, resultando num produto com pouca coesão interna.
  • Nunca utilizar como sistema de impermeabilização para coberturas.
  • Controlar a possível incompatibilidade entre o isolamento térmico e a impermeabilização.
  • Evitar a projeção de espuma de poliuretano diretamente na impermeabilização, sem utilizar uma camada separadora adequada (geotêxteis, camadas de argamassa, filme de polietileno, etc.).
  • Lavar com água todo o material utilizado.
  • A garantia deste produto é de 6 meses

Manuseamento, armazenamento e conservação

  • A Danosa recomenda a consulta da ficha de dados de segurança deste produto, disponível em permanência em www.danosa.com, ou solicitar por escrito ao nosso Departamento Técnico.
  • O produto deve ser armazenado em local seco e protegido da chuva, sol, calor e baixas temperaturas.
  • Deve utilizar o produto por ordem de chegada.
  • Em caso de sedimentação do material, agitar até voltar ao seu estado inicial.
  • De qualquer forma, devem ser respeitadas as normas de Segurança e de Higiene no Trabalho, bem como as normas de boas práticas na construção.
  • Este produto não é tóxico ou inflamável.
  • Para qualquer esclarecimento adicional, consulte o nosso departamento técnico.
  • Temperaturas abaixo de 0ºC podem afetar a qualidade do produto. Com est.
  • Avis Technique 5/03-1698 “Polydan Plus FM”.

Aviso

  • As informações contidas neste documento e qualquer outro conselho dado são fornecidos de boa fé, tendo por base o conhecimento e experiência dos produtos da DANOSA sempre e quando sejam devidamente armazenados, tratados e aplicados, em situações normais e de acordo com as recomendações da DANOSA. A informação aplica-se unicamente ao (s) campo (s) de aplicação e ao (s) produto (s) expressamente identificados. No caso de alterações nos parâmetros ou pressupostos relativos à aplicação, ou no caso de um campo de aplicação diferente ao identificado, consulte o Departamento Técnico da DANOSA antes de usar os produtos DANOSA. As informações aqui contidas não liberam a responsabilidade dos agentes de construção de testar os produtos para a aplicação e uso previsto, bem como da sua correta aplicação de acordo com a regulamentação legal vigente. As imagens dos produtos utilizadas em nossas comunicações são indicativas e podem diferir ligeiramente na cor e na aparência estética em relação ao produto final.As encomendas serão aceitas de acordo com os termos das nossas Condições gerais de venda.A DANOSA reserva-se ao direito de modificar, sem aviso prévio, os dados refletidos nesta documentação.Website: www.danosa.com E-mail: info@danosa.com Telephone: +34 949 88 82 10

Apresentação

  • Cor: Marrom escuro
  • Rendimento (kg/m²): 0.3-0.5
  • Código de produto: 311011
CURIDAN

Dados técnicos

Conceito Valor Norma
Contido em água (%) 45±5 -
Densidade a 20 ºC (g / cm³) 0.9-1.1 -
Temperatura mínima de aplicação (ºC) +5 -
Tempo de seca a 20-25 ºC e 50 % de humidade relativa (horas) 24 -
Toxicidade NULA -
Viscosidade a 20 ºC (Brookfield RVT, fuso 1, 20 r.p.m) (poises) 1 - 5 -

Dados Técnicos Adicionais

Conceito Valor Norma
Inflamabilidade NULA -

Downloads

Olá! Precida de ajuda?
Agende uma reunião connosco 😉
Scroll to Top