MAXDAN CAUCHO

Emulsão betuminosa elastómera de grande estabilidade.

Variações de produtos:
Estanquidade à água
Partilhar
O MAXDAN CAUCHO é uma emulsão betuminosa de consistência viscosa e de aplicação a frio.
Este produto é obtido pela dispersão de particulas de betume com um agente emulsionante de natureza aniónica e modificado com uma emulsão de latex.

Campo de aplicação

  • Adesivo para painéis de isolamento térmico (cortiça ou similar).
  • Barreira de vapor (desempenho total aproximado (2 kg / m²).
  • No caso das coberturas inclinadas realizadas com PLACA ASFÁLTICA CURIDAN, a primeira fieira de placa, além de ser pregada ao suporte, deve ser aderida ao suporte com MAXDAN CAUCHO.
  • No caso de reabilitação de antigas impermeabilizações betuminosas autoprotegidas com ardósia ou grânulos minerais, pode ser utilizado como primário antes de aplicar o novo sistema de impermeabilização betuminosa. Nos sistemas colados, a membrana betuminosa é totalemente soldada, por conseguinte, aplicar o primário em toda a superfície. Nos sistemas não aderentes ou flutuantes, a membrana betuminosa é soldada apenas nos pontos singulares (muretes, sumidouros, juntas de dilatação, etc.), por isso, é necessário aplicar um primário nestes elementos.
  • Primário e preparação de superfícies com membrana betuminosa soldada, em superfícies porosas como não porosas.
  • Primário e preparação de superfícies porosas que posteriormente serão impermeabilizadas ou tratadas com produtos asfálticos.
  • Proteção contra a humidade nas paredes e divisórias.
  • Proteção contra a humidade no extradorso dos contrafortes e estribos dos viadutos e passagens superiores nas estradas, ferrovias, etc.
  • Proteção contra a humidade no extradorso dos muros de contenção em betão e das fundações enterradas, atuando na face em contacto com o solo.
  • Proteção contra a humidade no extradorso das passagens inferiores e das galerias de serviço nas obras de construção civil.

Vantagens e benefícios

  • Boa aderência nos materiais porosos.
  • Boa durabilidade.
  • Boa resistência química à água salgada e aos ácidos fracos, e até às bases fracas.
  • Consistência pastosa.
  • No caso das argamassas asfálticas, são menos rígidas e mais plásticas do que as argamassas convencionais.
  • É um produto pastoso de aspecto uniforme e aplicação a frio que endurece por evaporação da água que contém. Depois de aplicado e seco, forma um filme contínuo.
  • Pouca variação térmica.
  • Fácil aplicação.
  • Elevada aderência.
  • Insolúvel após o filme secar.
  • As argamassas asfálticas têm a vantagem, em comparação com as argamassas convencionais, de submeter a impermeabilização betuminosa a menos tensão.
  • Não parte com o frio, nem escorre com o calor.
  • Resistente química.
  • Resistente à água.
  • Pode ser aplicado pincel ou rolo.
  • Pode ser aplicado em locais fechados.
  • Pode ser aplicado na madeira, blocos de betão, alvenaria, argamassa, telhas, betão leve, etc..
  • Totalmente estável e muito duradouro.
  • Isento de solventes.

Suporte

  • Membranas asfálticas plastificadas e autoprotegidas.
  • Em isolamento térmico.
  • Suportes de betão.
  • Suportes de madeira.

Modo de Aplicação

Preparação do substrato:
As partículas soltas ou mal aderidas devem ser removidas, pelo que se recomenda a limpeza da superfície a ser tratada. As fendas e rugosidades serão preenchidas com MAXDAN CAUCHO, evitando quaisquer vazios ou buracos que possam quebrar o filme betuminoso uma vez formado. Se necessário, a superfície deve ser regularizada com argamassa, a qual deve ser devidamente rebocada.
Tipo de substrato:
MAXDAN CAUCHO não deve ser aplicado em superfícies polidas, uma vez que podem ocorrer falhas de aderência.
Humidade do substrato:
MAXDAN pode ser aplicado em superfícies secas ou húmidas, mas sem escorrimento de água. Em superfícies muito absorventes ou com aplicações em tempo quente e ao sol, é aconselhável regar a superfície a fim de evitar que a água da emulsão seja absorvida ou evapore demasiado depressa, o que poderia favorecer a formação de fissuras na película.
Tempo de secagem:
Dependendo da temperatura ambiente, luz solar e humidade relativa.
Tempo de espera mínimo recomendado entre casacos:
Cerca de 24 horas devem ser esperadas.
  • Protecção contra a humidade da superfície exterior de pilares de estruturas enterradas (asas de viadutos e passagens superiores, metro e galerias de serviço em obras civis, superfície exterior de muros de contenção em betão) e fundações, actuando no lado em contacto com o solo:
    Uma primeira camada de primário é aplicada com MAXDAN CAUCHO (ver aplicação como camada de primário). Posteriormente, devem ser aplicadas pelo menos mais duas demãos de MAXDAN RUBBER, cruzadas com MAXDAN RUBBER. A cobertura aproximada de cada demão é de 1,0 kg/m². Antes de aplicar uma demão, verificar se a anterior está completamente seca.
  • Protecção contra a humidade em paredes e paredes de festas. Proceder como descrito na secção anterior.
  • Priming e preparação de superfícies porosas onde uma folha betuminosa deve ser soldada posteriormente: Aplicar uma demão de MAXDAN CAUCHO, diluída com água numa proporção aproximada de 10-20%, tendo o cuidado de impregnar bem os poros. O rendimento aproximado será de 0,3-0,5 Kg/m². Nos sistemas aderentes, a folha betuminosa é soldada na sua totalidade, pelo que toda a superfície tem de ser pré-fabricada. Em sistemas não ligados ou flutuantes, a chapa betuminosa só é soldada em pontos singulares (parapeitos, drenos, juntas de dilatação, etc…), e estes elementos devem ser escorvados.
  • Primário e preparação de superfícies porosas que serão subsequentemente impermeabilizadas ou tratadas com produtos asfálticos: Aplicar uma camada de MAXDAN RUBBER, diluída com água numa proporção de aproximadamente 10-20%, certificando-se de que os poros estão bem impregnados. O rendimento aproximado será de 0,3-0,5 Kg/m².
  • Reabilitação da antiga impermeabilização betuminosa autoprotegida com ardósia ou grânulos minerais: Uma vez varrida e limpa a folha autoprotegida, MAXDAN RUBBER deve ser aplicada como descrito na secção anterior. Posteriormente, será aplicado o novo sistema de impermeabilização betuminoso. Nos sistemas aderentes, a folha betuminosa é soldada na sua totalidade, pelo que toda a superfície tem de ser pré-fabricada. Em sistemas não ligados ou flutuantes, a chapa betuminosa só é soldada nos pontos singulares (parapeitos, drenos, juntas de dilatação, etc…), e estes elementos devem ser escorvados.
  • Adesivo para painéis de isolamento térmico (cortiça ou similar). Uma vez que o substrato e a superfície do material a ser aderido tenham sido preparados, MAXDAN RUBBER deve ser aplicado sem diluição nos painéis isolantes, sobre toda a sua superfície, utilizando uma talocha ou espátula. Esperar alguns minutos antes de pressionar os painéis sobre o substrato. O rendimento aproximado é de 1-2 kg/m², dependendo da rugosidade do substrato. Se a placa de isolamento térmico tiver de ser instalada no tecto, devem também ser utilizados fixadores mecânicos.
  • Primeira fila de placas de asfalto adesivas: Proceder como descrito na secção anterior.
  • Barreira de vapor: Uma primeira camada de primário é aplicada com MAXDAN RUBBER (ver aplicação como camada de primário). Subsequentemente, pelo menos mais duas demãos de MAXDAN RUBBER devem ser aplicadas, cruzadas uma à outra. A cobertura aproximada de cada demão deve ser de 1,0 kg/m², fornecendo uma espessura total mínima para esta utilização específica de 2,0 kg/m². Antes de aplicar um casaco, verificar se o casaco anterior está completamente seco.

Indicações e Recomendações Importantes

  • Antes de utilizar o produto, mexer bem até obter um produto bem homogéneo.
  • No caso de obras de reabilitação, ter em consideração as incompatibilidades químicas com antigas impermeabilizações constituídas por membranas de PVC flexível, mastique à base de betume modificado ou outro qualquer, podendo ser necessário eliminá-lo completamente ou utilizar camadas separadoras adequadas (geotêxteis, camada de argamassa, filme de polietileno, etc.).
  • Este produto pode fazer parte de um sistema de impermeabilização, pelo que devem ser tidos em consideração todos os documentos referidos no Manual de Soluções Danosa, bem como todos os regulamentos e legislações obrigatórias a este respeito.
  • Não efetuar os trabalhos quando as condições meteorológicas podem ser prejudiciais, nomeadamente com neve ou gelo na cobertura, quando está a chover ou se a cobertura estiver molhada, ou com vento forte.
  • Não instalar a temperaturas abaixo dos +5 ºC.
  • Não aplicar com tempo chuvoso, pois a emulsão pode sair, resultando num produto com pouca coesão interna.
  • Nunca utilizar como sistema de impermeabilização para coberturas.
  • Controlar a possível incompatibilidade entre o isolamento térmico e a impermeabilização.
  • Evitar a projeção de espuma de poliuretano diretamente na impermeabilização, sem utilizar uma camada separadora adequada (geotêxteis, camadas de argamassa, filme de polietileno, etc.).
  • Limpar com água todo o material utilizado após a sua utilização. Após o produto secar, só pode ser removido com solvente.
  • A garantia deste produto é de 6 meses
  • NOTA: Para informações adicionais sobre os sistemas Danosa, onde está incluído este produto, consultar o documento “Soluções de impermeabilização”.

Precauções

  • Não aplicar em superfícies geladas ou muito quentes.

Manuseamento, armazenamento e conservação

  • O produto deve ser armazenado em local seco e protegido da chuva, sol, calor e baixas temperaturas.
  • Deve utilizar o produto por ordem de chegada.
  • Em caso de sedimentação do material, agitar até voltar ao seu estado inicial.
  • Este produto não é tóxico ou inflamável.
  • Temperaturas abaixo de 0ºC podem afetar a qualidade do produto. Com est.
  • A Danosa recomenda a consulta da ficha de dados de segurança deste produto, disponível em permanência em danosa.com, ou solicitar ao nosso Departamento Técnico.
  • De qualquer forma, devem ser respeitadas as normas de Segurança e de Higiene no Trabalho, bem como as normas de boas práticas na construção.
  • Para qualquer esclarecimento adicional, consulte o nosso departamento técnico.

Aviso

  • As informações contidas neste documento e qualquer outro conselho dado tem por base o conhecimento e experiência dos produtos da DANOSA sempre e quando sejam devidamente armazenados, tratados e aplicados, em situações normais e de acordo com as recomendações da DANOSA. A informação aplica-se unicamente ao (s) campo (s) de aplicação e ao (s) produto (s) expressamente identificados. No caso de alterações nos parâmetros ou pressupostos relativos à aplicação, ou no caso de um campo de aplicação diferente ao identificado, consulte o Departamento Técnico da DANOSA antes de usar os produtos DANOSA. As informações aqui contidas não liberam a responsabilidade dos agentes de construção de testar os produtos para a aplicação e uso previsto, bem como da sua correta aplicação de acordo com a regulamentação legal vigente. As imagens dos produtos utilizadas nas comunicações são indicativas e podem diferir ligeiramente na cor e na aparência estética em relação ao produto final.As encomendas serão aceitas de acordo com os termos das nossas Condições gerais de venda. A DANOSA reserva-se ao direito de modificar, sem aviso prévio, os dados refletidos nesta documentação. Website: www.danosa.com E-mail: portugal@danosa.com Telefone: (+351) 236 029 465

Apresentação

  • Cor: Marrom escuro
  • Rendimento (kg/m²): 1
  • Código de produto: 311051
MAXDAN CAUCHO

Dados técnicos

Conceito Valor Norma
Contido em água (%) 50 -
Temperatura mínima de aplicação (ºC) +5 -
Tempo de seca a 20-25 ºC e 50 % de humidade relativa (horas) 24 -
Toxicidade NULA -
Viscosidade a 20 ºC (Brookfield RVT, fuso 1, 20 r.p.m) (poises) 10 - 30 -

Dados Técnicos Adicionais

Conceito Valor Norma
Densidade a 20 ºC (g / cm³) 1.0-1.2 -

Normas e Certificação

  • Em conformidade com a norma UNE 104-231 (Emulsão Tipo EB).

Downloads

Olá! Precisa de ajuda?
Agende uma reunião connosco 😉