PFE5-PT

Reabilitação de piscina com poliureia pura e acabamento cerâmico

  • Impermeabilização: Membrana de poliureia pura de projeção a quente
  • Acabamento: Azulejo, gresite
  • Suporte: Azulejo, gresite
Partilhar

Estanquidade à água

DANOCOAT 250

Estanquidade à água Reabilitação

Vantagens

  • Sistema de impermeabilização contínuo sem sobreposições, com excelente aderência e adaptável a geometrias complicadas do suporte.
  • Sistema de impermeabilização de excelente resistência mecânica e à abrasão e a diferenças de temperatura.
  • Boa resistência química a soluções ácidas e alcalinas a 5%, detergentes e água do mar.
  • Aplicação por projeção a quente com altos rendimentos. Rápida cura e colocação em serviço.
  • Elevada elasticidade, capaz de pontear fissuras, incluso a baixas temperaturas. Alongamento à rotura ±400 %.
  • Alto teor de sólidos >90 %.
  • Aplicação

  • Piscinas exteriores.
  • Fontes ornamentadas.
  • Parques aquáticos: escorregas, tanques de receção, atrações aquáticas.
  • Parques temáticos: aquários.
  • Requisitos técnicos

    FunçãoProdutoDescriçãoPropriedadeValor
    PrimárioDANOPRIMER® EPPrimário epóxi bicomponente.Aderência (EN 13892-8)3,8 N/mm2
    ImpermeabilizaçãoDANOCOAT® 250Membrana de poliureia pura de alta resistência mecânica, química e elevada elasticidade.Resistência à tração (ISO 527-3)>21 N/mm2
    Ponte de uniãoDANOPRIMER® PUPonte de união de base poliuretano monocomponente.Aderência ao betão após 7 dias de cura (a 23 °C, HR 50 %)>3,0 N/mm2
    AgregadosDANOQUARTZ® SP49Agregados de sílica, favorece fixação mecânica.Granulometria± 0,5 mm
    Argamassa de colagemARGOCOLA® ÉLITE 600Adesivo de altas prestações, muito deformável.Classificação de acordo com UNE EN 12004C2TES2
    Argamassa de betumaçãoARJUNT® UNIVERSALArgamassa colorida, com ação antifúngica, para betumação de juntas entre cerâmica.Classificação de acordo com UNE EN 13888CG2 AW

    Recomendações

    *Lixar o gresite ou azulejo e preencher as juntas incluindo o enchimento de peças em falta com ARGOTEC® Cosmético R2 para atingir uma boa planimetria.
    Não deve ser aplicado em suportes húmidos ou sobre suporte sujeitos a humidades por pressão indireta, negativa ou hidrostática, pois pode impedir a correta aderência da membrana.
    Não recomendado o revestimento preto em climas severos ou zonas de altas temperaturas.

    Unidade de Trabalho

    Piscinas, aquários, fontes, constituído por:
    Limpeza e preparação prévia do suporte, utilizando meios mecânicos para lixar ou fresar a superfície, reparar irregularidades e selar fissuras; para espessuras inferiores a 10mm, aplicar uma camada de argamassa tipo ARGOTEC® Cosmético R2; aplicação de uma camada de primário DANOPRIMER® EP, de base epóxi bicomponente, para melhorar a consolidação, selagem e aderência do suporte, com uma resistência à aderência de 3,8 MPa segundo
    EN 13892-8, isenta de solventes e com cura rápida a baixas temperaturas, de aplicação manual com rolo com um rendimento aproximado de 300 a 500 g/m², dependendo da porosidade do suporte; após a cura do primário, aplicação da membrana de impermeabilização DANOCOAT® 250 à base de poliureia pura bicomponente, totalmente aderida ao suporte e aplicada por projeção a quente em proporção de volume 1:1, isenta de solventes e plastificantes, com 100 % de teor de sólidos, cura em apenas 5 segundos, com resistência à tração >21 MPa e alongamento à rotura >400% de acordo com
    EN ISO 527-1, aderência por tração de 4 MPa de acordo com EN 1542, resistência ao impacto sem fissuras com altura de queda >2,500 mm e valor de IR (Resistência ao Impacto) de 24,5 Nm de acordo com EN ISO 6272-1, com resistência ao desgaste Taber e perda de peso de 128 mg de acordo com
    EN 5470-1, com resistência ao choque térmico entre 125 °C e -60 °C de acordo com EN 13687-5, com resistência à fissuração classe A5 em método estático, e com capacidade de pontear fissuras >2,500 μm em método dinâmico após 1.000 ciclos a -10 °C de acordo com EN 1062-7, comportamento ao fogo Broof (t1) de acordo com EN 13501- 5 + A1 parte 5, com resistência a ataques químicos fortes de acordo com EN 13529, onde após 3 dias em contacto com os reagentes utilizados, tais como: gasolina, diesel, óleo de motor, ácido acético a 10%, ácido sulfúrico a 20%, hidróxido de sódio a 20%, cloreto de sódio a 20%, não se observa alteração na membrana; com um rendimento ≥2,2 kg/m² e uma espessura de cerca de 2 mm; aplicação de camada de ponte de união DANOPRIMER® PU, de base poliuretano monocomponente de baixa viscosidade para melhorar a consolidação e aderência de suportes poucos porosos, com aderência de 3.9MPa segundo EN 13892-8, aplicada em camada fina de forma manual, com cura em cerca de 24 h e consumo aproximado de 50 a 100 g/m² polvilhada com agregados de sílica DANOQUARTZ® SP49 com um diâmetro ±0,5mm para favorecer a ancoragem mecânica; aplicação de cimento-cola muito deformável ARGOCOLA® ELITE 600, de elevado desempenho e classe C2FTE S2 de acordo com a norma UNE EN 12004; colocação de revestimento de gresite ou azulejo com juntas ARJUNT® Universal, exceto na cor negra, argamassa polimérica modificada colorida à base de conglomerantes hidráulicos, de classificação segundo
    UNE EN 13888: CG2 AW.
    Inclui parte proporcional de: encontros com paramentos elevando a impermeabilização sobre o acabamento do pavimento e preenchimento de juntas formadas por: cordão de selagem em forma de meia cana de ELASTYDAN® PU 40 GRIS.

    Download da documentação do sistema PFE5-PT

    Deve introduzir os seus dados para descarregar

    Dados pessoais

    Dados do projecto

    Olá! Precida de ajuda?
    Agende uma reunião connosco 😉