DANOVENT MANUAL

Clarabóia com abertura manual para ventilação
Variações de produtos:
Partilhar
Claraboia composta de cúpula dupla de metacrilato de 3mm de espessura, fixada sobre uma base de poliéster reforçado de 15cm de altura, com abertura manual atraves de manivela.

Vantagens e benefícios

  • As clarabóias Danosa proporcionam uma difusão perfeita da luz solar, reduzindo significativamente o consumo de energia elétrica e garantindo a estanqueidade e a ausência de condensação.
  • Mecanismo de abertura: Sistema equipado com caixilho em PVC e abertura telescópica com dupla extensão, acionado manualmente pelo interior por meio de manivela. Permite ajustar o ângulo de abertura.
  • Inclui manivela de 1,8m

Modo de Aplicação

1- Centrar a base da clarabóia sobre a abertura a cobrir.
2. Mediante parafusos autoroscantes ou pregos de aço fixar a base-murete sobre a cobertura.-Três unidades por metro ao longo da periferia da estrutura da base-Em coberturas de base cimentosa, a fixação efectua-se mediante bucha, porca e parafuso autoroscante de Ø 6mm.-Em coberturas de chapa com isolamento e impermeabilização, a aplicação faz-se por meio de parafusaria directamente sobre a estrutura. Se a colocação é efectuada antes da aplicação da chapa de revestimento, instalar-se-á préviamente sobre uma estrutura auxiliar, fixada ou soldada à estrutura principal. Se as clarabóias forem instaladas posteriormente, serão fixadas à estrutura, através do revestimento metálico.3. Aplicar a camada de material impermeabilizante, revestindo a parede exterior da base-murete da clarabóia.
4. Retirar o filme protector das cúpulas externas e internas.
5. Colocar a cúpula interior sobre a base, aplicar as porcas autoadesivas na sua face superior fazendo-as coincidir com as furações e, por cima, a cúpula exterior, assegurando que as marcas vermelhas coincidem. Aparafusar a cúpula sobre a base-murete nos pontos furados para esse efeito.Recomenda-se a utilização de um berbequim com regulador de torque de fraca potência. O torque máximo recomendado é de 14Nm.
  • Não apertar excessivamente os parafusos, já que:r-Corre-se o risco de rotura da cúpula.
-Anula-se o efeito da junta de dilatação.
6. Colocar os tapões estéticos nos parafusos.
IMPORTANTE: Não manipular a cúpula enquanto não se tenha concluído totalmente a montagem da base-murete. Com isto, evitamos as eventuais manchas permanentes causadas pela tela asfáltica, ou qualquer outra imperfeição.

Indicações e Recomendações Importantes

  • Este produto faz parte de um sistema construtivo, por isso é necessário ter em consideração o Catálogo de Soluções Construtivas Danosa, o Caderno de Encargos, e o resto da documentação Danosa.
  • Não efetuar os trabalhos quando as condições meteorológicas podem ser prejudiciais, nomeadamente com neve ou gelo na cobertura, quando está a chover ou se a cobertura estiver molhada, ou com vento forte.
  • É recomendado seguir as boas práticas de construção para a sua implementação..
  • Devem ser tidos em conta todos os regulamentos obrigatórios a esse respeito.

Manuseamento, armazenamento e conservação

  • Aquando da receção do material, verificar as unidades e medidas, assegurando que correspondem às necessidades da obra.
  • Quando assinar a documentação da transportadora, indicar: “Encomenda entregue, mas sem verificação visual” ou algo similar, no caso de não ser possível examinar o material no momento da sua receção. Se verificar algum dano ou anomalia, indicar diretamente na guia de remessa da transportadora.
  • Armazenar num local afastado da passagem de máquinas que possam atingi-los.
  • Comunicar qualquer anomalia do material, no prazo de 24 horas após a sua receção. Caso contrário, a Danosa não se responsabiliza pelas reclamações relativas a danos durante o transporte.
  • Manutenção: Limpar as cúpulas com água e sabão, não aplicar nenhum produto abrasivo.
  • Não colocar nenhum objeto em cima das cúpulas: Podem provocar deformações no metacrilato.
  • Não colocar a clarabóia diretamente em cima da cobertura. No caso das coberturas de deck, pode danificar a moldura e as próprias cúpulas, se forem colocadas diretamente em cima da moldura, devido às temperaturas alcançadas pela cobertura e à falta de ventilação.
  • Verificar se a embalagem e o material estão em bom estado.
  • Uma vez no local, mantenha as clarabóias nas suas embalagens até serem instaladas na cobertura.

Aviso

  • As informações contidas neste documento e qualquer outro conselho dado são fornecidos de boa fé, tendo por base o conhecimento e experiência dos produtos da DANOSA sempre e quando sejam devidamente armazenados, tratados e aplicados, em situações normais e de acordo com as recomendações da DANOSA. A informação aplica-se unicamente ao (s) campo (s) de aplicação e ao (s) produto (s) expressamente identificados. No caso de alterações nos parâmetros ou pressupostos relativos à aplicação, ou no caso de um campo de aplicação diferente ao identificado, consulte o Departamento Técnico da DANOSA antes de usar os produtos DANOSA. As informações aqui contidas não liberam a responsabilidade dos agentes de construção de testar os produtos para a aplicação e uso previsto, bem como da sua correta aplicação de acordo com a regulamentação legal vigente. As imagens dos produtos utilizadas em nossas comunicações são indicativas e podem diferir ligeiramente na cor e na aparência estética em relação ao produto final.As encomendas serão aceitas de acordo com os termos das nossas Condições gerais de venda.A DANOSA reserva-se ao direito de modificar, sem aviso prévio, os dados refletidos nesta documentação.Website: www.danosa.com E-mail: info@danosa.com Telephone: +34 949 88 82 10

Apresentação

  • Altura da cúpula Hc (mm): 115
  • Comprimento (cm): 60
  • Largura (cm): 60
  • Dimensão exterior E x F (mm): 510x510
  • Entrada de luz C x D (mm): 390x390
  • Abertura do teto (mm): 600x600
  • Peso (kg): 41
  • Beiral G (mm): 66
  • Código de produto: 555201
DANOVENT MANUAL

Dados técnicos

Conceito Valor Norma
Substâncias perigosas NPD -

Dados técnicos - Cúpula

Concepto Valor Norma
Absorción de agua (24h 23º) (%) 0.2 DIN EN ISO 62
Absorción lumínica (%) 0.05 -
Alargamiento a rotura (%) 4 ISO 527-2
Calor específico (J/gK) 1.47 -
Dilatación lineal (mm/mºC) 0.07 -
Transmisión lumínica - Hielo (%) 75 -
Índice de refracción (nD20) 1.492 -
Módulo elástico (N/mm²) 2300 ISO 178
Pérdida por reflexión (%) 5 -
Densidad (g/cm³) 1.19 ISO 1183
Punto de reblandecimiento Vicat (ºC) 105 ISO 306
Resistencia a la flexión (N/mm²) 110 ISO 178
Resistencia a la tracción (N/mm²) 70 ISO 527
Resistencia al impacto Charpy (kJ/m²) 2 -
Transmisión de calor: Bivalva (kcal/m²hºC ) 2.2 -
Transmisión de calor: Monovalva (kcal/m²hºC ) 5.1 -
Transmisión lumínica -Transparente (%) 92 -

Dados técnicos - Plinto

Conceito Valor Norma
Condutividade térmica (W/mK) PLINTO 0.23 -
Expansão Linear (m/mK) PLINTO 0.2 -
Peso específico (g/cm³) PLINTO 1.5 DIN 53479
Ponto de amolecimento Vicat (ºC) PLINTO 125 DIN 57302
Resistência à compressão (kg/cm²) PLINTO 2000 DIN 53454
Resistência à flexão (kg/cm²) PLINTO 1600 DIN 53452
Resistência à tração (kg/cm²) PLINTO 1000 DIN 53455
Resistência ao impacto (kg/cm²) PLINTO 1000 DIN 53453

Normas e Certificação

  • Em conformidade com a norma UNE-EN 1873 relativa aos acessórios préfabricados para coberturas. Clarabóias individuais em materiais plásticos. Especificações do produto e métodos de ensaio.
  • Em conformidade com os requisitos do Código Técnico de Edificação (CTE).
  • Em conformidade com os requisitos de marcação CE.
Olá! Precida de ajuda?
Agende uma reunião connosco 😉
Scroll to Top